SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

domingo, 30 de outubro de 2011

LET'S PUT SOME XOTE INNA REGGAE


Quando lançou o primeiro disco solo, ‘Bambas e Biritas Vol. 1’, BiD já tinha a intenção de lançar um segundo volume, mas demorou um bocado para chegar esse dia. Aqui mesmo no blog, cansei de responder – via e-mail ou comentários – “que infelizmente não havia previsão para o lançamento de algum volume 2 do Bambas e Biritas”. Isso foi até ontem…

Desde agosto, BiD vem alardeando o lançamento desse próximo volume, o ‘Bambas Dois’, como foi chamado essa nova reunião de bambas e novas biritagens do produtor musical. Ele conta que já tinha idéia de gravar o disco dois na Jamaica, mas somente na ilha do reggae, foi que percebeu a similaridade entre os ritmos brasileiros e jamaicanos e decidiu o caminho que o disco iria seguir.

Reza a lenda que foi Gilberto Gil quem mostrou ao Gonzagão o reggae de Bob Marley e este logo respondeu que aquilo era um xote safado, e que só faltava um triângulo e uma zabumba. Pois foi isso que o BiD fez. Colocar o tempero dos ritmos do nordeste junto com os ritmos jamaicanos. Nesse album, BiD misturou reggae com xote, baião, maracatu e até arrasta-pé.

Gravado na ilha e com inúmeras participações especiais de algumas lendas jamaicanas como Ernest Ranglin, Luciano e da classica banda de ska, ‘The Heptones’, abrindo o disco com ‘Music for all’, que já no título remete ao termo atribuido “errôneamente” como a origem do forró (o termo correto é forróbodó).

Em ‘Little Johnny’, BiD reencontra Chico César – de quem havia produzido o ultimo album, ‘Francisco, Frevo y Forró’ – e ainda Jah Marcus, além das cantoras brasileiras Thalma de Freitas, Anelis Assumpção e CéU, como as onipresentes ‘Negresko Sis’, embelezando o refrão “Johan san, little John, Joãzinho, São João pequenininho cabe aqui na minha mão”.

Queen Ifrica participa de ‘Hapiness is all in your hands’, com uma levada bem rocksteady, mas também canta na jazzística ‘Forever you are’, que funciona como um “bocado de açucar na sua tigela” – uma ode à Nina Simone. Em ‘Brasil (Little Sunday)’ você curte o balanço de um xote danado na sanfona de Dominguinhos e na percussão de Zé Pitoco (triângulo e zabumba), acrescidos de Kymani Marley, carregando toda a herança genétic a do reggae no timbre inconfundível da voz do Bob-pai. Você vai sorrir sozinho de alegria após ouvir essa faixa… :-)

Siba toca viola e rabeca em ‘We put the M inna music’ – também com Tony Rebel – e ‘Leha Dodi’ – também com Oku Onuora e Karina Buhr, que por sua vez também gravou ‘World cry (Al Fayah Mix)’, também com Jesse Royal e Gustah. ‘Children of the future’ tem participação de U-Roy. Já ‘Chiquinha Hey’ é uma parceria de BiD com Arnaldo Antunes e Betão Aguiar e conta com as vozes de Luiz Melodia e Anelis Assumpção, que também entra no coro junto com as irmãs Céu e Thalma de Freitas, na banda de duas partes negras e uma branca…

A única música não-autoral, é uma das mais belas canções de amor já composta, por ninguém menos que George Harrison, ‘Something’, cantada por Luciano e com a guitarra delicada de Ernest Ranglin. ‘Somtehing is wrong’, que apesar do nome não é mais uma versão da música dos Beatles, mas sim é uma composição de BiD com I-Wayne, e também tem Siba na viola.

‘Only Jah love (Raggatu)’ é a faixa de trabalho e já ganhou um clipe inspirador. A música conta com a participação de Sizzla Kalonji, Bi Ribeiro e Gustah. O disco ainda tem várias grandes participações como Lúcio Maia, Dengue, Pupillo, Daniel Ganjaman, Bruno Buarque, Gilmar Bola 8, Tiquinho e Leando Joaquim, entre tantos outros nomes.

Demorou, mas o BiD nos presenteou com um grande petardo, que pode muito bem figurar em qualquer lista de melhores do ano.


BAMBAS DOIS_Ep.00_"Sao Paulo - Kingston"


BAMBAS DOIS_Ep.01_Sizzla "The Music Construktah"


BAMBAS DOIS_Ep.02_Luciano "Acoustic Inna de Yard"


BAMBAS DOIS_Ep.03_Queen Ifrica "Conscious Poetry"


BAMBAS DOIS_Ep.04_I Wayne "A Kingston Ride"


BAMBAS DOIS_Ep.05_The Heptones "Happy Tunes"


BAMBAS DOIS_Ep.06_Kymani Marley "Inna Xote Style"



2011 Bambas Dois (Brasil-Jamaica)

1. Music for all (with The Heptones)
2. Little Johnny (with Chico Cesar & Jah Marcus)
3. Happiness is all in your hands (with Queen Ifrica)
4. Brasil (Little Sunday) (with Kymani Marley & Dominguinhos)
5. We put the 'M' inna music (with Tony Rebel & Siba)
6. Children of the future (with U-Roy)
7. Chiquinha Hey (with Luiz Melodia & Anelis Assumpção + Negresko Sis)
8. Leha Dodi (Sheeba) (with Oku Onuora & Karina Buhr)
9. Something (with Luciano & Ernest Ranglin)
10. World cry (Al Fayah Mix) (with Karina Buhr & Jesse Royal & Gustah)
11. Only Jah love (Raggatu) (with Sizzla & Bi Ribeiro & Gustah)
12. Forever you are (with Queen Ifrica & Joey Altruda)
13. Something is wrong (with I-Wayne & Siba)
14. Nnyahbingui (Medley) (with Priest Tiger & Priest Kassa & Dada Yute & Prophet Marvin & Papete)

Abaixar


CLIPE Only Jah love (Raggatu)



Baixar mais um bônus track: Only Jah Love (Felipe Wrechiski Dub Mix)
(clicar com o botão direito em salvar destino como etc e tal)

7 comentários:

raton disse...

caralho..até me benzi aqui!
obrigado!

Zé Henrique disse...

Tenho o Bambas & Biritas Vol.1 e adoro e tava na fissura desse Bambas 2.
Quando fiquei sabendo que o disco ia tratar do diálogo do baião/forró com os ritmos jamaicanos fiquei ainda com mais vontade de ouvir.
Mas confesso que achei que não ornou muito bem.
Não é ruim, claro. Mas, na minha opinião, está longe de ser essa belezura toda.
Ouvi o disco a semana inteira para não dá uma opinião apressada e errônea.
Enfim, a ídéia foi melhor que o resultado.
Fico com o Vol.1

PS: O lance da história do Gonzagão que sei é que o Dominguinhos mostrou um reggae pra ele e este disse: "Ôxeee, isso é um baião metido a besta"
O personagem é diferente, mas a impressão do Gonzagão é a mesma. rsrsrs

Anônimo disse...

Caralho! Puta que pariu!

Tava na espera deste disco faz tempo, dei mole e perdi o lançamento.Motherfuckr

Valeu mano, show de bola!

corelio disse...

o link tá quebrado. teria como postá-lo novamente?

Eu Ovo disse...

infelizmente não dá pra repostar o link - uma vez que está quebrado por causa de direitos autoraiis etc.
o blog passou por uma reformulação e não postamos mais nenhum artista que não divulgue seus discos gratuitamente - nem mesmo mencionamos essas pobres almas.
mas não acho que vc encontre dificuldade de encontrar esse disco no google...

Zotz disse...

o inicio desse refrao com o chico cesar acho que tá escrito errado, o correto é Johansen (nome escadinavo que quer dizer filho de Johan - proximo de 'filho de joão', em portugues)

Eu Ovo disse...

este blog não comenta mais sobre discos que não foram disponibilizados gratuitamente pelos próprio artistas etc e tal.
além do mais, o link nem funciona mais... foi mal.... mas não deu pra vc atuar como puliça-da-internet... chegaste quase um ano atrasado....