domingo, 4 de setembro de 2011

CHINA EM MOTO CONTÍNUO EM CHINA EM MOTO CONTÍNUO


No começo deste ano, China lançou no youtube a primeira faixa de seu novo trabalho – ‘Boa viagem’. Passou a apresentar um dos melhores programas de entrevistas da televisão brasileira, o ‘MTV na Brasa’. Pelo twitter, o cantor chamou seguidores para enviarem vídeos dançando sua nova música, ‘Só serve pra dançar’.

São essas as duas primeiras faixas do novo álbum, ‘Moto Contínuo’, título que é referência às míticas máquinas de funcionamento perpétuo. Um disco em que ele traduz suas inúmeras referências e influências num estilo próprio e inconfundível. ‘Overlock’ tem participação de Pitty, uma balada com ares ‘undegroundies’.

‘Nem pensar em você’ tem pequenas interferências eletrônicas numa bela letra intimista de China. ‘Mais um sucesso pra ninguém’ conta com a voz de Ylana Queiroga, filha do maestro Spok, da ‘Frevo Orquestra’, e tem um final climático e apoteótico e guitarrístico.

Depois vem ecos do ‘manguebit’ em ‘Distante amigo’, que tem um arranjo de metaleira em brasa para finalizar. ’12 quedas’ é parceria com Lenine e tem apelo popular para se cantar em coro num estádio.

Tiê canta junto com China em ‘Terminei indo’. Na sequência, ‘Programador computador’ e ‘Espinhos’, que já havia sido gravada por Zé Cafofinho. O disco encerra com a singela balada folk, ‘Anti-herói’, que poderia facilmente entrar em qualquer coletânia de música para crianças.

O novo disco do China, ‘Moto Contínuo’, ganhou com certeza o ‘Troféu Joínha’ de um dos 10 melhores lançamentos do ano. O melhor de tudo é o download gratuito pelo Álbum Virtual da Trama. Em tempo, a arte da belíssima capa foi feita por Raul Luna.

Por isso, se você ainda não tem cadastro no site, vale a pena (porque você pode baixar outros discos por ali) e não demora, nem dói nada.

2011 Moto Contínuo

1. Boa viagem
2. Só serve pra dançar
3. Overlock
4. Nem pensar em você
5. Mais um sucesso pra ninguém
6. Distante amigo
7. 12 quedas
8. Terminei indo
9. Programador computador
10. Espinhos
11. Anti-herói

Abaixar pelo Álbum Virtual da Trama

2 comentários:

Lilian disse...

Sigo esse blog há muito tempo, por sugestão de minha sobrinha. Adorei este post! Juro que foi amor a primeira audição! Virei fã do China...Obrigada.

Anônimo disse...

Excelente intérprete, com grande leque de possibilidades (talentos) a serem exploradas. Merece um projeto que explore só sua interpretação, um CD com clássicos da MPB, ou com clássicos da Tropicália, anos 50, bossa-nova, enfim, nada autoral, para que se valorize e comprove o seu talento como intérprete. E isso será suficiente e tudo para sua carreira.