quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O MACACO BONG ESTÁ DE VOLTA COM A PEDRADA DA VEZ

A banda cuiabana 'Macaco Bong' volta com novo álbum inspirado e recheado de riffs potentes e poderosos.  

A banda 'Macaco Bong' era formada por Bruno Kayapy na guitarra, Ynaiã Benthroldo na bateria e Ney Hugo no baixo lançou o disco de estréia em 2008, o seminal 'Artista é Igual Pedreiro', que foi o primeiro álbum virtual da Trama Musical – mais ou menos a Natura hoje em dia...

Depois de dois anos de muito incenso pela espetacular estréia, a banda lançou novo material com o EP 'Verdão e Verdinho, que prometia muito mas deixava um anseio por mais peso pois a banda flertava mais com o jazz e criava climas e paisagens melancólicas que não seguiam o som do álbum anterior.

Então veio o 'This is Rolê' onde o power trio trazia a participação de Tulio Mourão, com Gabriel Murilo no baixo. Parecia, na época, um bom sucessor para o álbum de estréia – já que em 2012, ninguém aguentava mais esperar pelo segundo disco da banda.

Nisso a banda acabou... E ficou o Kayapy na sua guitarra como um guerreiro solitário em uma banda de um homem só.

Pois em 2015 o 'Macaco Bong' ressurgiu com um disco urgente, sujo e experimental, que trazia em sua essência a poderosa máquina de riffs certeiros de Kayapy. Nessa época eram seus parceiros Daniel Fumega na bateria e Julio Cavalcante no baixo.

Hoje, já com outro integrante no baixo, o Daniel Hortides, a banda apresenta seu mais novo trabalho, o auto-intitulado 'Macaco Bong'. Neste novo álbum, o 'Macaco Bong' apresenta um disco de clássicos pós-modernos.

O disco abre com hipnotizante 'Lurdz' e depois segue com a balada 'Bejim da Nega Flor' para culminar com a épica 'Chocobong'. 'Baião de Stoner' faz o que se propõe ao colocar o baião no rock ou vice e versa e logo na sequência 'Saci Craquente', que faz menção ao maracatu e ao frevo. O disco encerra com a máquina de riffs acelerada de 'Carne Loca', 'Distraídos venceremos' e 'Macaco'.

O que na época era uma afirmação no título do álbum de estréia, com 'Artista é Igual Pedreiro', virou uma premonição de que “artista precisa ser igual pedreiro”. Então o 'Macaco Bong' segue com a pedrada certeira de sempre.

2016 Macaco Bong

1. Lurdz
2. Bejim da Nega Flor
3. Chocobong
4. Baião de Stoner
5. Saci Craquente
6. Carne Loca
7. Distraídos Venceremos
8. Macaco

Nenhum comentário: