SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

domingo, 26 de abril de 2015

PÉLICO E A EUFORIA CASUAL DE TODOS CASAIS

Cantor e compositor paulistano apresenta terceiro álbum com belas canções de sucessos instantâneos e populares. 



Pélico chega neste inicio de ano com um álbum maduro, coeso, de levada popular e recheado de belos timbres – daqueles específicos que lembram os anos 80.

Em um disco falando do amor, de paixão e de todas desventuras de todo e qualquer casal, Pélico apresenta amores do inicio ao fim.

O disco é pontuado por canções que evocam o verão em todas suas formas como em 'Sobrenatural', 'Ela me dá' e 'Repousar', que conta com a participação da atriz Leticia Spiller e da cantora Carú Ricardo.

Em 'Sozinhar-me' Pélico desenha um ska em dueto com Rafael Castro, fazendo uma referência a Moçambique e criando uma relação entre Salvador e Maputo. 'Você pensa que me engana' é um samba-choro de letra atual e com participação de Rodrigo Campos no cavaquinho e Marcelo Cabral no violão de sete cordas.

'Olha só' faz o reggae alegre e espirituoso repetir o clima de romance feliz e paixão sem limites para apresentar 'Escrevo' como um legítimo representante do “soul” triste e “blue”.

Com forte investida em synths e influencia oitentista, Pélico mostra canções que dão vontade de sair cantando e dançando no meio da rua como se estivesse dentro de um musical – como 'Overdose', 'O meu amor mora no Rio' e 'Euforia', que além de nomear o disco trás à tona toda luxúria e prazer do disco.

'Vaidoso' trás uma letra poderosa e sincera, que pode ser a melhor canção do álbum – o sucesso instantâneo escondido no meio do lado B. Em 'Meu amigo Zé', Pélico faz um apelo em forma de homenagem ao maestro Tom Zé com letra singela e inteligente de diversas referências ao “olho do furacão”.

O disco encerra com 'Calado', que mostra com delicadeza o final de um relacionamento, encerrando o círculo ao mesmo tempo que o recomeça. O que transforma a experiência auditiva proporcionada pelo álbum pode ser apreciada em repeat, loop, ou em ciclo.

2015 Euforia

1. Sobrenatural
2. Olha só
3. Sozinhar-me
4. Escrevo
5. Overdose
6. Você pensa que me engana
7. O meu amor mora no Rio
8. Ela me dá
9. Vaidoso
10. Euforia
11. Meu amigo Zé
12. Repousar
13. Calado
14. Euforia (versão acústica)

Nenhum comentário: