SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

domingo, 27 de julho de 2014

MOCAMBO DE MARIMBONDO DO AFROELECTRO

Com um disco lançado em 2012, o 'Afroelectro' lança um EP com novas composições, que servem como ponte entre o primeiro trabalho e o próximo álbum.  



A banda 'Afroelectro' faz uma incursão no universo dos cânticos do candomblé, do tambor de criola maranhense, do cavalo marinho pernambucano e da capoeira de angola.

Com o novo EP, 'Mocando', o 'Afroelectro' representa a grande diversidade de ritmos brasileiros e coloca todas estas influências em prol das canções. A banda é formada por Sérgio Machado na bateria, teclados, programações e vocais, Michi Ruzitschka nas guitarras e vocais, Meno del Picchia no baixo e vocais, Mauricio Badé na percussão e vocais e Denis Duarte nos loops, percussão e vocais.

O EP foi gravado ao vivo no estúdio 'Traquitana' em São Paulo e funciona como um registro demo das canções, que posteriormente estarão no segundo álbum da banda.

2014 Mocambo EP

1. Marimbondo
2. Sereno
3. Rainha soube o que fez
4. Samburá vazio
5. Banzeiro grande

Nenhum comentário: