SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

domingo, 11 de março de 2012

FODAM-SE BEM, FODAM-SE MAL, CAIAM DE BOCA NO MEU HALLS



E.M.I.C.I.D.A. lança mais uma canção, desta vez em homenagem às vítimas da truculência policial, agindo em defesa dos graúdos e poderosos. Como foi o caso da retirada dos moradores de Pinheirinho, em São José dos Campos, ou da desocupação da Cracolândia em São Paulo e como bem diz o jovem Leandro, “todas as quebradas devastadas pela ganância”.

No caso de Pinheirinho, a força policial distribuiu pontapés e bombas de gás lacrimogênio, não se importando com a presença de mulheres, crianças, idosos, deficientes e moradores inocentes. Na cracolândia, a mesma truculência foi aplicada para retirar os usuários da droga, que mais deviam ter sido reabilitados em algum programa social de recuperação de viciados.

Toda a bronca do E.M.I.C.I.D.A. é com a falta de políticas sociais votadas para uma parcela carente da população. Sinceramente, acho que ele pegou um pouco mais pesado, que devia... Mas a música foi feita para ser mesmo um soco no estômago, um tapa na cara ou um dedo na ferida de uma sociedade, que está cada vez mais ignorante e alheia ao que a cerca.

“O Brasil tem um histórico do povo ser colocado contra o povo e abraçar a causa da "elite": olha pro caso da USP, olha a favela do Moinho, a situação dos quilombolas, do MST, de todas as famílias sem ter onde morar... embora esta parcela da população seja gigantesca, a mídia faz com que o povo pense que são baderneiros. O que me assusta é a apatia das pessoas perante estas situações: você está assistindo o governo solucionar um problema de moradia com a Tropa de Choque agredindo mulher com criança de colo e acha que é isso que deve ser feito? Na hipótese mais bizarra, o Estado ainda estaria errado pela forma como trata as pessoas”, diz E.M.I.C.I.D.A..

Valeu E.M.I.C.I.D.A. pelo posicionamentoe engajamento! A faixa foi produzida por Renan Saman, com letra do próprio Leandro, lançada pelo Laboratório Fantasma.

#Dedonaferida

ABAIXAR 1
ou
ABAIXAR 2

3 comentários:

Edson d'Aquino disse...

Sabe o que mais me entristece, Brunão? É que aos 53 sinto que está havendo um tremendo retrocesso em tudo pelo qual lutei. Hoje, até os moradores de comunidades carentes têm um discurso muito próximo ao de qq playboyzinho de Z. Sul (do Rio). Fiquei estarrecido com o que a mídia e a maior parte do corpo discente da USP fez naquele episódio, dando a entender que aquela molecada acuada estava lutando pelo direito de...fumar maconha. A polícia depredou o lugar com o firme propósito de culpá-los e ninguém viu isso, mesmo com fotos de antes e depois da invasão da tropa? PQP! Será que ninguém percebeu q o buraco era muitíssimo mais embaixo? Cadê o direito ao livre pensar conquistado a duras penas durante os anos de chumbo pelos universitários? Por que tomei porrada? Pra nada? Para a massa, faculdade, hoje, é apenas para estudar visando a tornar-se um robozinho bem sucedido financeiramente e qq questionamento é "coisa de playboy" que tem muito e só quer arrumar encrenca; no meu tempo, era lugar de revolucionar em todos os sentidos. Mas é aquela história: receberam tudo de mão beijada, né? Lutar...por quê? Pensar..pra quê?
Parafraseando: a juventude é um bando de idiotas numa propaganda de refrigerante.

[]ões

Eu Ovo disse...

Concordo contigo EdSom.
em gênero número e grau!

Zé Henrique disse...

Hoje, até os moradores de comunidades carentes têm um discurso muito próximo ao de qq playboyzinho de Z. Sul (do Rio

Lendo essa frase aí me lembrei de uma do Gil. O Baiano filosofando em forma de aforismo tascou:
"O povo sabe o que quer. Só não quer o que não sabe."

A maioria da população brasileira é bastante conservadora e moralista - creio que por ignorância. Vide popularidade da pena de morte, não aceitação dos gays...

PS: Acho o Emicida bem fraquinho, mas valeu.