SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

domingo, 6 de fevereiro de 2011

OS ALQUIMISTAS ESTÃO CHEGANDO OS ALQUIMISTAS




Venho por meio desta postagem, aderir à campanha do ‘Queremos’, que é juntar fãs que gostariam de assistir Jorge Benjor tocando ao vivo o clássico ‘A Tábua de Esmeralda’.

Diz a lenda, que o disco foi executado ao vivo na integra naquela época, nos idos de 1974. Por isso mesmo, essa nova geração quer ouvir esse disco ao vivo também... Muita gente já aderiu a esta campanha. O EuOvo agora também é um adepto!

O disco ‘A Tábua de Esmeralda’ é um clássico na discografia de Jorge Benjor, da época em que ele ainda era conhecido apenas como Jorge Ben. Esse petardo foi criado numa fase de iluminação e alquimia, e foi o último em que Benjor tocou exclusivamente violão.

Pode-se dizer que é um disco conceito de Benjor, já que ele se baseou nos textos do faraó Hermes Trismegisto – esse texto deu origem a toda alquimia e ocultismo ocidental e oriental e além de ser conhecido como ‘Tábua de Esmeralda’ é também chamado de ‘O Segredo de Hermes’. Esses escritos foram encontrados na pirâmide de Gizé – numa lâmina de esmeralda grafada com uma ponta de diamante – e foram depois traduzidos pelo alquimista contemporâneo Fulcanelli.

Jorge Benjor começa o disco com uma homenagem a todos alquimistas herméticos com ‘Os alquimistas estão chegando’. “Tem que dançar dançando e gravar gravando”. ‘O homem da gravata florida” é uma homenagem ao suíço Paracelso, que além de um famoso alquimista, foi um médico, físico e astrólogo. Essa canção foi forte influência para Fred 04, principalmente na ‘O rapaz do b... preto’ do Mundo Livre SA.

‘Errare humanum est’ é baseada no livro de Erich Von Däniken, ‘Eram os Deuses Astronautas’ e tem um arranjo cheio de efeitos espaciais, criando um clima especial. Já ‘Menina mulher da pele preta’ é mais uma do cancioneiro clássico de Jorge Benjor, que fala do cotidiano e sobre amores, malícia, malemolência da mulher etc. Assim como as faixas, ‘Eu vou torcer’ que Benjor vibra pela paz, moças bonitas, pelo mengão, e até por São Tomaz de Aquino, ‘Magnólia’ que exalta a beleza dessa fêmea em questão, ‘Minha teimosia, uma arma pra te conquistar’que comenta a difícil arte do flerte.

“Zumbi é o senhor das guerras, é o senhor das demandas, quando Zumbi chega é ele quem manda”, já entoavam B. Negão e Marcelo D2 em ‘Dig dig dig (hempa)’ do ‘Planet Hemp’. A escravidão é o tema de ‘Zumbi’ – que usa a figura do mártir da causa negra – foi a primeira versão dessa canção, que seria regravada quatro anos depois no álbum ‘África Brasil’.

‘Brother’ poderia ter sido cantada pelo vozeirão do Tim Maia. É um soul gospel com suingue samba-rock em exaltação ao ‘Jesus Lord Christ’. ‘O namorado da viúva’ tem o violão batidão característico de Jorge Benjor, para descrever o caso de amor entre um jovem e uma viúva fogosa. “Queeeee viúva é essaaaaa”...

Em ‘Hermes Trismegisto e sua celeste Tábua de Esmeralda’ Benjor declama o texto completo escrito pelo faraó, que também foi regravada no álbum ‘África Brasil’. ‘5 minutos’ fecha o disco com uma belíssima melodia, que até foi cantada por Marisa Monte no álbum ‘Memórias Crônicas e Declarações de Amor’. A canção é mais um relato do cotidiano – como sempre faz Jorge Benjor.

‘A Tábua de Esmeralda’ é um clássico da música popular brasileira – imprescindível em qualquer discoteca. Assistir esse show ao vivo seria uma dádiva. Que somente o Benjor pode conceder... Salve Jorge!

1974 A Tábua de Esmeralda

1. Os alquimistas estão chegando
2. O homem da gravata florida
3. Errare humanum est
4. Menina mulher da pele preta
5. Eu vou torcer
6. Magnólia
7. Minha teimosia, uma arma pra te conquistar
8. Zumbi
9. Brother
10. O namorado da viúva
11. Hermes Trismegisto e sua celeste Tábua de Esmeralda
12. 5 minutos

Abaixar

Em tempo... Essa campanha para o Benjor tocar o ‘A Tábua de Esmeralda’ ao vivo teve origem na cabeça do colega jornalista, Bruno Natal, que também é responsável pelo Urbe, d’O Esquema.

Natal, junto com Tiago Lins, Felipe Continentino, Pedro Seiler, Pedro Garcia e Lucas Bori são o site 'Queremos', que levou o conceito do “crowdsourcing” (ou “crowdfunding”) para a cidade maravilhosa. Esse negócio funciona como a famosa “vaquinha”, um grupo de pessoas se junta para viabilizar uma projeção de cinema entre amigos – nesse caso um show de música... Ou vários...

Com essa idéia, o ‘Queremos’ já trouxe shows de ‘Miike Snow’, ‘Belle and Sebastian’ e Mayer Hawthorne, ‘Vampire Weekend’, ‘LCD Soundsystem’, entre outros. Primeiro o site investiga o valor necessário para viabilizar o espetáculo em pauta e depois estabelecem as cotas para cada apoiador, que contribui com o valor e pode até receber o valor de volta, caso os ingressos vendidos cubram todo investimento.

Depois de tantos shows internacionais, o ‘Queremos’ resolveu cutucar Jorge Benjor – através de uma página no Facebook – com a possibilidade da realização desse espetáculo para as novas gerações que não viram o ‘A Tábua de Esmeralda’ ao vivo.

Vários artistas já gravaram depoimento na página, como Lucas Santtana, B. Negão, Pitty, Tulipa e Gustavo Ruiz, Pupillo (do Nação Zumbi), Chiquinho (do Mombojó), EMICIDA, Nina Becker, BiD, André Gonzales (do Móveis Coloniais de Acaju), Marcelinho da Lua, Curumin etc.

____________________________________________________

EM OUTRO TEMPO...

Depois de tanta comoção e tantos artistas aderirem à campanha... Jorge Benjor aderiu também - pois além de comentar no twitter, ele também concordou em tocar o disco 'A Tábua de Esmeralda' ao vivo no violão... Não tem nenhuma data marcada, por enquanto, mas ele já avisou que está ensaiando.

10 comentários:

Camisa dez da Gávea disse...

Mr. Eu Ovo, um ótimo post como sempre. E claro que também tô dentro! Já 'curtir' no FB, pena que não tenho Twitter. Se isto rolar mesmo, saio do meu pago pra ir lá ver o mestre(AO VIVO)!

Vou aguardar mais notícias...

Zé Henrique disse...

Bacana a iniciaiva, embora duvide que o Ben aceite a sugestão.
Tomara que esteja errado.
Incrível a influência que ele tem no "quem é quem" da música contemporânea brasileira.

PS: No aguardo do cd do ótimo Los Sebosos.

Zé Henrique disse...

Iniciativa! :>)

dedê disse...

Que site foda! É muita coisa, vou enlouquecer aqui.
Obrigada, obrigada mesmo!

Leandro disse...

Quero ver fazer o Babulina, além de topar tocar o "Tábua" na íntegra, levar o possível show só na viola de nailon... e com palheta!

márcio de aquino disse...

A ideia é ótima, e eu espero que se concretize. Ver Jorge tocar novamente o repertório de Tábua de Esmeraldas seria uma dádiva para nossos ouvidos

Eduardo Carli de Moraes disse...

Maravilha!

A quem se interessar ler mais sobre este clássico brazuca, digitei e disponibilizei uma ótima resenha escrita pelo Luiz Tatit sobre este disco. Saiu naquele livrinho "Ilha Deserta" da Folha de São Paulo. Quem quiser conferir, é só colar no: http://depredando.blogspot.com.

Edson d'Aquino disse...

Pelo que li, pelo menos neste movimento em particular o 'Queremos' demonstrou um mínimo de bom gosto, hehehe.
[]ões

Eu Ovo disse...

Foi mesmo né, EdSom.
foram só showzassos ai no Rio.
devia ter uma filial do 'queremos' em toda capital.

sr neuza disse...

Sou fá do jorge benjor to nesta com vcs vida longa para todos nos e ele para ver este mostro sagrado tocar e cantar estas maravilhas criadas por eles