SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

domingo, 3 de maio de 2009

MENTIRAS BRANDAS PARA TEMPOS SOMBRIOS

Em seu disco novo, ‘White Lies for Dark Times’, Ben Harper já começa com um pé no acelerador com ‘Number with no name’. Fazia tempo que não ouvia Ben Harper soar tão parecido quanto ele mesmo nos primeiros discos.

‘Up to you now’ remete ao terceiro disco de sua carreira, época em que deixou de lado o folk, para se aprofundar no blues e rock. ‘Shimmer & shine’, o lado A do primeiro single, continua acelerando e dando uma porrada na orelha.

Com ‘Why must you always dress in black’, Harper volta ao blues com força total, após ter flertado com a folk-music, nos últimos discos. Isso não significa que não há baladas nesse álbum, como em ‘Skin thin’.

Com ‘Fly one time’, o lado B do primeiro single, Harper mostra uma faceta mais pop que ele mesmo se preocupou em criar ultimamente. Mas logo em seguida ‘Keep it together (So I can fall apart)’ remete ao passado rockeiro e bluseiro do terceiro e quarto disco, o primeiro com os ‘Innocent Criminals’, banda que gravou cinco discos com Harper.

Para esse disco, Harper montou outra banda, o ‘Relentless7’, formada por Jesse Ingalls no baixo e teclado, Jason Mozersky na guitarra solo e Jordan Richardson na bateria. Com essa nova banda, o cantor não pretende encerrar as atividades do ‘Innocent Criminals’, mas atuar com as duas bandas onde for necessário.

O disco ‘White Lies for Dark Times’ já nasceu clássico e merece lugar de destaque na sua estante.

2009 White Lies for Dark Times

1. Number with no name
2. Up to you now
3. Shimmer & shine
4. Lay there & hate me
5. Why must you always dress in black
6. Skin thin
7. Fly one time
8. Keep it together (So I can fall apart)
9. Boots like these
10. The word suicide
11. Faithfully remain

Abaixar

2 comentários:

# disse...

Ben Harper é genial. Pena ser tão subestimado. Esse disco me surpreendeu. Antes eu não gostava das músicas mais rock n roll dele mas me rendo. O cara é fera. Todos os discos são bons. E quanto mais eu escuto mais eu gosto e as vezes passo a gostar de músicas que antes eu não curtia tanto.

Sergio disse...

Bruno, não entendi nada. Decidi pelo rapidshare por achar q era o mais eficiente. O q durava mais tempo, tanto q aqueles álbuns q subia, há muito tempo, no Sharebee, os arquivos do rapidshare são os únicos q ainda estão ativos. Agora não sei mais pq, tanto os arquivos mais recentes do Pat Metheny quanto os do Dafnis Prieto dançaram. O do Dafnis duas vzs já. Amanhã à tarde já deve estar tudo refeito no 4shared. Desculpe aí.