SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

sábado, 30 de agosto de 2008

ENTÃO ISSO É LEE JACKSON AFINAL DE CONTAS?

Lee Jackson era um grupo paulistano formado em São Paulo, participou da Jovem Guarda e gravou um disco apresentado por Bill Haley, em sua visita ao Brasil. Bill Haley só posou para as fotos da capa.

O disco começa com uma versão surf music para o clássico do Ray Charles, ‘What’d.I say’, com uma cuíca matadora, seguida por uma versão de ‘rock around the clock’, do Haley, misturada com ‘brasileirinho’ de Waldir Azevedo. O repertório do disco tem clássicos como ‘Be bop a lula’, de Gene Vincent, a balada, ‘Runaway’ e uma versão pagode de ‘Hard days night’ dos Beatles, que faz John Lennon se revirar no túmulo, ou ainda Keith Richards abrindo um processo por calúnia e difamação por causa de um trecho da ‘Galinha Garnizé’ no meio de ‘Satisfaction’.

Eu mesmo procurei por esse disco por anos e nunca havia encontrado, até dar de cara com essa raridade. Todo mundo um dia já achou que esse disco fosse de um cantor chamado Lee Jackson. Daí você chega em uma loja de discos e pergunta o que é Lee Jackson e o cara vai te mandar pra seção de blues, jazz ou achar que esse Lee tem um certo parentesco com o Michael etc e tal. Por isso é que se revela a importância de tantos bloguis por aí que mandam ver e detonam umas pérolas como essa. Alguns bloguis já postaram esse disco e vou deixar os links deles ali embaixo.

1977 Bill Haley Presents Lee Jackson

1. What’d I say
2. Rock around the clock/ Brasileirinho
3. Be bop a lula
4. Rockin’ Robin / Route 66
5. Runaway
6. A hard day’s night
7. Satisfaction (I can’t get no)
8. Jambalaya
9. CC Ryder
10. Whole lotta shakin’ goin’ on
11. If I fell

Abaixa aqui no Eu Ovo

ou aqui
Link do Na Onda do Samba Rock

e aqui
Link do Toque Musical

25 comentários:

Vieira disse...

Lee Jackson também é nome de um baixista(canhoto) de rock que tocou em bandas como The Nice, Refugee, Jackson Heights(das 3 a minha favorita).

Fica aí, aproveitando o comentário, minha sugestão de postagem.

grande abraço,

Vieira

who watches the watchmen

Toque Musical disse...

Lee Jackson é o nome de uma famosa marca americana de amplificadores de guitarra. Foi daí que os caras deste grupo paulista tiraram o nome. Um grupo que injustamente não foi reconhecido. Talvez por só cantarem em inglês.

Thiago Alex disse...

Cara, depois de muito tempo apenas sugando os seus posts, eu passo aqui para dizer que seu bom trabalho com o blog me fez te indicar pro BlogDay 2008.
Abraços. Obrigado e continue com o bom trabalho. :D

GRAVETOS & BERLOTAS disse...

Esse disco é hilário e uma pancada musical.
Alguns aí -Claudio Condé, Marcos Maynard e Luiz Carlos Malluly- conheci quando já eram tubarões de gravadora.
[]ões

H.A. Rodriguez disse...

caramba, eu tenho esse em vinil
nunca entendi muito o halley na capa haha

Eu Ovo disse...

É galera,
o om é da melhor - com alguns momentos piegas.
os caras sao bons, e a versão de rock around the clock já vale o disco.
abs

Zabarov disse...

Tenho esse e o segundo [acho q é o segundo, não sei] em vinil.
Caroçada no ouvido!
Parabéns pelo blog.

Sergio disse...

Nunca ouvi falar, Bruno. Já tou baixando.

Sergio disse...

... E AGORA QUE OUVI: ESSENCIAL, BRUNO! PARABENS POR TER DESENCAVADO ESSA PÉROLA. A CAIXA É ALTA AQUI NO TEXTO PRA CORRESPONDER A SATISFAÇÃO. O DISCO É TODO EXCELENTE! NÃO LEVAVA MUITA FÉ, CONFESSO. POR ISSO, SUPEROU EXPECTATIVAS.
ABRAÇOS, GRATOS.

Anônimo disse...

Comprei esse disco, atraído pelo nome de Bill Haley, quando era adolescente radicalmente roqueiro. Ele me fêz abrir os ouvidos para o samba, que só fui curtir mesmo, amos depois.
Matei saudades...

Anônimo disse...

estou viciado nesse disco. por favor se tiver outros dessa banda poste tambem. parabens pelo trabalho de divulgação dessas perolas. PORRA ESSE DISCO É DEMAIS!!!

Eu Ovo disse...

eu so tenho mesmo esse disco.
quem tiver ai - coloquem aqui nos comentários.
abs

Anônimo disse...

boa tarde.você não tem o LIGHT REFLECTION,não?Tenho procurado o disco dessa banda.O teu blog é legal.abraços,elias.RIO.

Anônimo disse...

krinha, gostei de achar esse link. agora só falta vc achar o segundo album deles prá gente baixar as músicas...

abraços
dennis

Anônimo disse...

http://www.KissMyAssClub.com
is a leading global social network emphasizing genuine friendships and the discovery of new people through friends.
http://www.BesaMeCuloClub.com

frankdj1 disse...

Simplesmente explendoroso!!!!
cresci ouvindo nas festas que minha mãe dava em casa coisas como Ray Conniff, Don costa,Lucho Gattica...
e este disco em particular voces não tem idéia de como me remete aquela época de uma maneira especial, pois antes e depois das festas minha querida mãe, ouvia este disco mais especificamente a musica "Runaway", acredito eu hoje com 40, que era para dar energia para arruar as coisa para seus convidados e depois para arrumar a bagunça deixadas pelos mesmos estou muito feliz em encontrar pessoas que compartilhem do bom gosto musical que tenho no sangue
deixado por minha mãe, e parabenizar o blog que realmente está magnífico.

Rogério Garcia disse...

Putz!
Eu tenho esse vinil!
Mas não tenho mais toca-discos.
Valeu!

Andre disse...

Oi Galera,

Sou o Luiz Carlos Maluly, guitarrista da banda, fiquei super feliz pelos comentários, realmente foi uma experiencia para época bastante ousada. Temos outros albuns, mas que certamente são muito difícil de serem encontrados, mas com uma certa pesquisa ainda são possíveis de serem encontrados.
Forte abraço

Eu Ovo disse...

Valeu pela presença Luiz,
o disco é mesmo sensacional!
Um bom ano novo pra você e para toda a banda!
abs a todos que comentaram!

prof rogerio disse...

Conheci Lee Jackson, banda paulista, com meu pai. Sou heavy metal... mas este disco é fantástico... ele é o verdadeiro disco experimental de rock nacional!!!! Discaço... vale a pena conferir... e olha que ainda o tenho em vinil... raridade!!!!!

Fabio Venhorst disse...

Cara, eu tenho esse vinil aum tempão, ganhei juntamente com outros anos atrás. Sempre achei a combinação feita por eles entre rock'n'roll e ritmos brasileiros muito interessante. Baita achado, um clássico subestimado.

Alvy Pissarra disse...

Cara esse disco é demais! Eu tinha 17 anos na época e já era rockeiro Zeppeliniano, mas ouvia muita MPB e Disco Music nas Rádio Mundial e Excelsior. Como não tinha toca-discos, gravei em K-7 e vivia com afitinha pra cima e pra baixo em tudo que era festinha de 15 anos. Estava curtindo Sunday Bloody Sunday com o SAMBÔ, quando me lembrei do Lee Jackson e achei este blog. Adorei! Saudações a todos os amigos qui presentes e viva o bom gosto musical, tão raro neste país desaculturado de hoje!

Marcelo S. Costa disse...

Eu tinha a hard days night numa fita k7 gravada pelo meu finado tio João Galo, em meio a outros samba rocks...sempre procurei mas nunca havia descoberto quem cantava...Lee Jackson a banda! rs

Rafael Toledo disse...

Olá vcs por acaso tem o álbum 'Os Maiores Sucessos do Rock. Raul Seixas e Lee Jackson'???

Rafael Toledo disse...

Olá vcs por acaso tem o álbum 'Os Maiores Sucessos do Rock. Raul Seixas e Lee Jackson'???