SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

quinta-feira, 31 de agosto de 2006

DESCOBRINDO A BOSSA NOVA

João Gilberto nasceu na Bahia em Juazeiro, e mudou-se para Salvador com a intenção de ser crooner. Passou a integrar o grupo Garotos da Lua em 1950 no Rio de Janeiro e lançou dois compactos (publicados anteriormente). Foi expulso do grupo por ser indisciplinado.

Após a saída do grupo, João passou um período obcecado em criar uma nova maneira de tocar violão. Foi quando conheceu Tom Jobim, que influenciados pelo jazz norte-americano criaram a bossa nova.

João Gilberto inventou um estilo de tocar violão, que não necessitava de acompanhamento, numa sonoridade elegante e sofisticada do ritmo sincopado da percussão do samba. Quanto a técnica vocal da bossa nova, a novidade era o modo uniforme de cantar, sem vibrato, e num fraseado único antecipando ou posterior à base rítmica.

Em 1958 João lançou seu primeiro LP, "Chega de Saudade", que trazia a canção título. A música foi um sucesso imediato e lançou a carreira de João Gilberto, bem como o movimento bossa nova.

No inicio dos anos 60, a bossa nova já era sucesso absoluto, inclusive no meio que a influenciara, o jazz norte-americano. João Gilberto gravou um disco ao vivo com Herbie Mann e Tom Jobim em 1962. Porém foi com o convite do saxofonista Stan Getz, que a bossa nova alcançou sucesso mundial.

O disco chamou-se "Getz & Gilberto" e foi sucesso absoluto, continuando até os dias de hoje. O álbum trazia as performances de Stan Getz no saxofone tenor, João Gilberto na voz e violão, Tom Jobim no piano, Sebastião Neto no baixo, Milton Banana na bateria e a estréia de Astrud Gilberto nos vocais (veja Astrud cantando The girl from Ipanema com Stan Getz na publicação anterior) .

O álbum foi produzido por Creed Taylor, lendário produtor de jazz, que deixou a obra na gaveta por um ano, antes de lançar o disco. As gravações transformaram Astrud, então esposa de João, na porta-voz internacional da bossa nova.

Pra quem não curte bossa nova e detesta o bim-bom-bom do pato que vinha cantando alegremente, quein-quein, este disco é uma boa oportunidade para se apaixonar por este estilo musical genuinamente brasileiro. Digo isso com conhecimento de causa, pois, detestava a bossa nova, mas após ouvir esse disco, passei a cultuá-la como grande criação brasileira.

Eu considero este álbum o primeiro passo pra quem quer aprender a gostar de bossa nova. Vale a pena conferir.


1964 GETZ & GILBERTO

1. The girl from Ipanema
2. Doralice
3. Pra machucar meu coração
4. Desafinado (off key)
5. Corcovado (quiet night of quiet stars)
6. Só danço samba
7. O grande amor
8. Vivo sonhando (dreamer)

Compre o CD Getz & Gilberto.

3 comentários:

bostafritas disse...

LINK ATUALIZADO

bic azul disse...

aaaaaaaaaaaaaaa

o link não funciona...

Eu Ovo disse...

LINK novamente ATUALIZADO