domingo, 29 de abril de 2012

VAI UM CAFÉ PRETO AÍ?

O Café Preto é formado por Canibal na voz, Bruno Pedrosa nas programações, samples e efeitos, PI-R nos teclados e programações, Eric Gabino no baixo, Marcus Antonio na guitarra e Pernalonga na bateria.

Canibal, que é mentor dos Devotos, não sabe explicar essa aproximação do reggae, dub e ragga. “Sempre fui eclético em relação a ouvir música, gosto de vários estilos, e claro, o punk rock e o hardcore estão no sangue. Mas o reggae tem uma parada que eu sempre quis cantar, é uma energia muito boa”, encerra ele.

A produção é do DJ Bruno Pedrosa e PI-R, e o disco conta com diversas participações, como Fred Zeroquatro, Areia, Chico Tchê, Publius, Ori, Marcelo Campello, Berna Vieira, Zé Brown e Ras Bernardo.

O álbum abre com ‘Dandara’, um dub estiloso e sensacional, com um suingue impossível de não acompanhar sacolejando o corpo. ‘Compre’ é um ragga espacial, sobre a situação capitalista da sociedade atual.

‘Nem se nem dó’ também é um ragga e traz na lembrança ‘Paranoid android’ do Radiohead num momento de transição entre um clima e outro. ‘Vamos pensar’ encerra o disco com uma levada forte e pegajosa, num tradicional sotaque pernambucano.

Esse álbum traz fortes influências eletrônicas em melodias contagiantes. Não perca esse lançamento.

2012 Café Preto

1. Dandara
2. Compre
3. Inimigo do inimigo
4. Nem se nem dó
5. Dos que se encontram
6. Oferenda
7. Sobe quem nem queira
8. Vamos pensar

ABAIXAR

2 comentários:

luxorissa disse...

É por isso que eu amo este blog,sempre nos brindando com excelentes novidades musicais.
Long Live ao Eu ovo!

Tiê Passos disse...

Aos companheiros de blogs de música, agradeço a essa rede de blogs para alimentar meus ouvidos de coisas boas. A alguns meses o meu blog mudou de endereço: http://difusordesom.blogspot.com veja e ajude adicionando em sua lista de links. Valeu !!