SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

domingo, 12 de julho de 2009

EU SOU DO TIPO CARNE DURA!



A própria Ellen Oléria avisou no show, que podem copiar que não é pirataria. “É acesssibilidade”. Só quem já viu é que pode sentir força dessas, já míticas, apresentações ao vivo. Mas deixa eu contar como eu conheci o som dessa cantora brasiliense.



A primeira vez que a vi no palco fiquei estarrecido, pasmo, completamente surpreso e hipnotizado. Ela cantou apenas músicas autorais, mas com uma performance arrebatadora que enchia os olhos e ouvidos. Desculpem o clichê... É inacreditável como aquela banda de três músicos acompanhando um banquinho e violão fazem um som tão pesado e grandão.



Mas não era bem um banquinho e violão, como o do João. Estava mais para o caminho do Ben. Estava soul, funk, jazz, MPB com uma pitada do ritmo do banquinho e violão. Foi um show foda! E todos os seguintes que vieram... Portanto, o álbum ‘Peça’ chegou em minhas mãos como uma pérola. A peça que faltava no quebra-cabeças indecifrável dessa negra melodia.



As canções são autorais e mostram uma compositora preocupada com a poesia e o seu ritmo na melodia. Suas letras são contundentes e passam a mensagem através das imagens que provocam no espectador. Digo espectador, porque você se torna espectador das músicas. Ellen afirma que passa muito tempo compondo e escrevendo. Você escuta a música ‘Testando’ e acha que ela fez aquele som ali, na hora, mas ela avisa que passou “vários dias encucada para escrever aquilo”.



Em ‘Só pra constar’ ela diz, no show, que era uma música normal, mas virou “essa coisa complicada”. Sem complicações, mas o que era um sambinha, subiu no banquinho e violão e passou pela porta da cozinha. Mais ou menos como o mestre João fez em ‘Doralice’. ‘Natural luz’ é o momento intimista do show. Só tem Ellen, seu violão e o público completamente inebriado com aquela presença astral totalmente real, que chega a ser irreal. Se é que deu pra entender... A poesia, a voz, o som, o som, o som...



O álbum tem todos sucessos que você escuta nos shows. Tem o blues meio jazz (ou seria jazz meio blues) ‘Não-lugar’, tem a atriz e a estalactite de ‘Ato II’, e até a regravação do Forró de tamanco’ dos ‘Três do Nordeste’. Mas também tem a clássica ‘Senzala (A feira da Ceilândia)’ que é cantada em uníssono nos shows. Só faltou o samba-rock ‘Eu bebo sim’, que ela usa no bis. É por isso que falei muito do som ao vivo. Para você não perder nunca mais um show dela. Seja você de Brasília, ou não...



Nesse disco, além ‘della’ no violão, tem Rodrigo Bezerra na guitarra, Paula Zimbres no baixo e Célio Maciel na bateria, com a recente adesão de Felipe Viegas nos teclados. Também tem participações especiais de grandes músicos de Brasília, como Moisés Alves no trompete, Bruno Medina no saxofone, Marcos Wander no trombone, Phillipe Alves e Sr. Adalvêncio na sanfona, Dadá de Castro e a performance do GoG.



Em tempo, deixo logo avisado que esse foi um dos textos mais difíceis de escrever da minha vida. Porque eu tive que ter muito cuidado para não usar adjetivos demais para explicar o som da Ellen Oléria. E por isso mesmo vou colocar todos aqui, bem longe do resto do texto. Maravilhoso. Exuberante. Hipnotizante. Flutuante. Cabriocárico. Estrambonático. Palipotético. Estapafúrdico. Antropofágico. Posolométrico. Enfim...



2009 Peça

1. Posso perguntar?
2. Mandala
3. Testando
4. Senzala (A feira da Ceilândia)
5. Brado
6. Ato II
7. Só pra constar
8. Natural luz
9. Não-lugar
10. Prólogo
11. Forró de tamanco
12. Pedro falando com o reflexo
13. Senzala Remix (& GoG) ....

Abaixar

17 comentários:

... disse...

Enche os ouvidos, podes crer!

Sergio disse...

Caramba! Tô dentro.

Sergio disse...

Amigo BrunOvo, é muito difícil intalar uma radinho assi como essa sua na minha biboca?

Cara, já te aviso q cliquei em "Get your own Flash MP3 Player" tentei fazer o "register", mas teve um detalhe (item) lá q não consegui saber o q eles queriam q eu preenchesse "Type the two words". Sim há 2 palavras dentro do quadrinho, mas preenchi as duas separadas, juntas, uma de cada vez mas não aconteceu picles. Então, se vc puder me fazer um passo a passo bem cartilha do abc, please.

Pode ser por aqui, nos meus comentários ou por emeio: sergiosonico@gmail.com

Valeu!

Gabi disse...

Eita mulher BOAAA!!! aXÉ!

Sergio disse...

Bruno, vc super ajudou com o seu último emeio. Temia isso: te dar aquela trabalheira do passo a passo. Amanhã acordarei o tico e o teco mais cedo e nos empenharemos na função. Se não veres uma radinho igual a tua lá no sônico é pq demiti aqueles dois patetas e prossigo viagem - só - no piloto automático.
Abraços e muito obrigado!

Edson d'Aquino disse...

Caraca, Brunão!
Carne dura p**** nenhuma! Isso é picanha maturada da melhor qualidade!
Valeu!
[]ões

Edy Star disse...

Sem duvida a melhor cantora no braZil atual! Nâo está amadrinhada por uma muiti-nacional, nem apadrinhada por baianos famosos...
ELA é a voz! A voz que ha muito precisávamos ouvir! ..y graças aos deuses, nâo se vangloria der `afro-descendente´... Seja bem vinda dona Ellen Oléria!! os que gostam de boa voz y noa musica, te saúda! *

ninaeeu disse...

Faz-me lembrar a dupla Tuck and Patty. Conhece a voz dela? Aliás, é uma boa sugestão para colocar aqui no seu site...

Sergio disse...

Já estava causando espécie na audição. Quando começou a tocar a faixa 5, "Brado", tive que largar o jornal q lia la na sala e vir teclar o computador no quarto. Fantástica, Bruno!

longboard75 disse...

só eu que não gostei?...me fez sentir algo do tipo "já tem muito disso aí"...

Eu Ovo disse...

Exemplo?
Quem é mais do mesmo?
Diga uma...

vinícius breves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vinícius breves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vinícius breves disse...

cara,
esse blog foi o achado do dia.
a ellen é fantástica e eu ainda não tinha encontrado o disco dela pra baixar.
parabéns pelo trabalho.
vou estar por aqui sempre.

ronaldo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávia Jorge disse...

A voz dessa mulher e a ginga toda é algo que me faz parar pra ouvir e apreciar, estou encantada!

Parabéns pelo blog, pelo bom gosto, por disponibilizar tanta coisa boa!!!

ka disse...

Que achado!!!!!achei teu blog meio que sem querer.....e to de boca aberta até agora.MUITA coisa boa e um aquantidade absurda de coletaneas.Muito obrigada.