SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

domingo, 24 de fevereiro de 2013

DOS LOOPS ÀS PROGRAMAÇÕES AOS SAMPLERS FODÁSTICOS DA CONSCIÊNCIA COLETIVA


É de Deus, sim, esse som... Um acidente sonográfico causado por Cláudio N, do Chambarril, que apresenta uma colagem de sons e barulhinhos bons aos ouvidos.  

A banda pernambucana Chambaril é quase um duo formado por Claudio N e Pi-R, com vários outros integrantes orbitando em volta da dupla, como satélites cósmicos. Com um novo álbum em processo de produção, Claudio N aproveitou para finalizar seu primeiro disco solo, com participação de Pi-R e Igor Medeiros, que também faz parte da banda.

A fórmula da Chambaril é a mesma do primeiro disco solo de Claudio N, com loops e diversos samplers, desde piadas do Costinha a tantas outras inserções. Neste álbum, 'Claudio N', a predominância dos sintetizadores e das programações eletrônicas transforma a obra no filho bastardo do Frank Zappa com o Pink Floyd.  

Com uma atmosfera pop e eletrônica, Claudio N apresenta uma colcha de climas e texturas, que causam estranheza por causa do caos sonoro. Entretanto, as melodias soam harmoniosas e perfeitas aos ouvidos. O disco certo para qualquer hora, progressivo na medida, como um lounge etéreo de proporções estereofônicas e por vezes pop dançante. Tudo misturado na medida certa.

2012 Claudio N

1. Ao mestre com carinho
2. Olhos de guaxinim
3. Aparício
4. Código florestal ou Guarani-Kaiowá
5. É Deus mamãe
6. Tiltando
7. Tânia
8. Enchentes
9. Odete
10. Onírica
11. Galerosa
12. Cluster 171

domingo, 17 de fevereiro de 2013

CARIMBÓ ELECTRO SECO DE BEN CHARLES


Ben Charles lança disco recheado de ritmos e estilos variados, que vão desde o rock, reggae, batuque, afrobeat, pop e carimbó.


Charles Figueiras é conhecido por Ben Charles. Recém lançou o álbum 'Carimbó Electro Seco ou O Amor e a Esperança em Tempos de Aquecimento Global', onde apresenta uma mistura inusitada de elementos do carimbó, rock, reggae e afrobeat, criando um caldeirão popular e eletrônico.

Ben Charles gravou o disco com toda calma possível, entre 2007 e 2008, mas só foi finalizado propriamente agora. O cantor e guitarrista também tocou todos instrumentos em todas as faixas, mesmo tendo creditado como acompanhantes os 'Los the Os'.

Destaque para canções como 'A vida', 'Amazônia song', 'Vai ter arraiá debaixo da lua', 'Samaúma', 'Carimbó electro seco', 'Carimbó transcedental', 'Floresta Amazônica', 'Sou filho da selva' e 'Varrendo folha'.

Um disco que vale a audição e um artista que merece ser conhecido e reconhecido.

2013 Carimbó Electro Seco

1. A vida
2. Amazônia song
3. Aldeia global
4. A raça é humana
5. Vai ter arraiá debaixo da lua
6. Samaúma
7. Carimbó electro seco
8. Sementes
9. O amor e a esperança em tempos de aquecimento global
10. Carimbó trasncedental
11. O canto e a dança
12. Floresta Amazônica
13. Sou filho da selva
14. Varrendo folha

domingo, 10 de fevereiro de 2013

BLOCO DO VIDEO GAME DE 8-BITS


Dois músicos pernambucanos subvertem o frevo e apresentam uma nova roupagem para o carnaval de rua pernambucano.



Tudo começou no Joinha Lab do selo Joinha Records, quando Vitor Araujo e Chiquinho Moreira do Mombojó gravaram juntos e perceberam afinidade suficiente para um projeto mais elaborado, além de improvisos laboratoriais.

Com o Diatron, o pianista Vitor Araujo e o tecladista Chiquinho encontraram um meio de homenagear o carnaval de Pernambuco, com a regravação de dois frevos clássicos, o 'Hino do Ceroula' composto por Milton Bezerra de Alencar e 'Último dia' de Levino Ferreira.

O arranjo que os dois utilizaram foi dos clássicos videogames de 8 bits, criando uma roupagem retrô e eletrônica, mas ao mesmo tempo sofisticada para os hinos do frevo pernambucano.

Vale a pena dar uma boa curtida na bela homenagem aos carnavais de todos os tempos. Pega lá antes que acabem os free-downloads.

2013 Diatron

1. Hino do Ceroula
2. Último dia


terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

PEDRO CANALE SE MOVIMIENTA POR LA CHANCHA VIA CIRCUITO

O coletivo argentino ZZK Records apresenta o EP 'Semillas' de Pedro Canale aka 'Chancha Via Circuito'.

Segundo álbum de 'Chancha Via Circuito', precedido pelo ótimo 'Rio Arriba', 'Semillas' apresenta uma peça de realismo fantástico auditivo, pontuado pela guitarra pulsante e o baixo ritimado. O som tem espírito latino com pitadas de cumbia e eletrônica na medida certa.

Uma peça única, que vale a pena ser degustada por ouvintes atentos. Sem falar na belíssima arte de Paula Duro. Apreciem sem moderação.

2013 Semillas EP

1. Burkina
2. Gevgelis, Karpis & Papas - Deropolitissa (Chancha Via Circuito Remix)
3. Tornasol (ft. Leando Frías)
4. Vaina
5. Hipopótamo