domingo, 28 de agosto de 2011

NUTHIN' LIKE A G CUMBIA





Pare tudo o que está você fazendo e baixe agora mesmo o novo disco do Quantic. Ele mesmo!!! Will Holland, inglês baseado na Colômbia que faz um som da melhor qualidade com ‘The Soul Orchestra’, ‘Combo Barbaro’ e ‘Flowering Inferno’.

Ele já vinha misturando cada vez mais os ritmos latinos com os jamaicanos nos últimos álbuns, mas nesse novo lançamento – também em vinil – em que junta na sua cumbia de tempero dub, o hip-hop norte-americano.

O disco abre com a versão para o clássico do KRS One, ‘Step into a world (Rapture's delight)’, que muitos podem nem reconhecer. Mas, mesmo para os não iniciados no hip-hop gringo, é impossível não se lembrar da levada de ‘Nuthin' but a g thing (Dre en cumbia)’, originalmente do Dr. Dree.









‘Cuarta com cuarta’ é uma composição autoral de Holland, que é seguida por ‘Get ur freak on’ de Missy Elliot, que de um ragga-dubstep ganhou ótima versão latina. Depois vêm uma releitura de Pete Rock & CL Smooth para ‘They reminisce over you (T.R.O.Y.)’, onde o produtor transformou a faixa numa autêntica salsa latina. Quantic encerra a obra com uma homenagem a J. Dilla em ‘Rico suave bossa nova (cumbia de Dilla)’, onde ele ressalta o ritmo de jazz pela levada do tambor.













Quantic parece se apropriar de cada canção e faz essas regravações se tornarem tão relevantes quanto a faixa original. Esse disco é um item essencial em qualquer discografia básica de músicas dançantes e como diz o encarte, ‘Edição limitada para uso exclusivo de DJs’.

Quantic y Su Conjunto Los Miticos del Ritmo
2011 Hip Hop em Cumbia EP


1. Step into a world (Rapture's delight)
2. Nuthin' but a g thing (Dre en cumbia)
3. Cuarta con cuarta
4. Miss Jackson (interlude)
5. Get ur freak on
6. They reminisce over you (T.R.O.Y.)
7. Rico suave bossa nova (cumbia de Dilla)

Abaixar

domingo, 21 de agosto de 2011

THIS WORLD IS GOING UP IN FLAMES



Charles Bradley viu a mitológica apresentação de James Brown no Apollo Theatre em 62. Desde então ele sacou que precisava cantar para o resto da vida.

Enquanto James Brown é chamado de ‘Godfather of Soul’, Bradley tem o título de ‘Screaming Eagle of Soul’, a ‘Águia Gritante do Soul’ em português.

Após viver anos como cozinheiro na Califórnia, Bradley retornou a New York e passou a atuar como crooner nas noites da cidade. Certa noite, um desses clubes recebeu a visita de Gabriel Roth da Daptone Records, o mesmo selo soul, que também lançou Sharon Jones, Dap-Kings, Budos Band e Lee Fields, entre outros.

Bradley lançou vários singles pela Daptone Records – acompanhado pela Sugarmen Co e também pelos The Bullets (que depois se tornariam o embrião para os Budos Band).

Charles se juntou a Thomas Brenneck (guitarrista dos The Bullets) e os dois começaram a ensaiar e compor o que se tornaria o primeiro álbum cheio de Bradley – porque essas músicas seriam lançadas ao longo dos anos na forma de singles pela Dunhan Records, um braço da Daptone Records. Desses ensaios Brenneck montou a Menahan Street Band, com a qual Bradley também tem excursionado.

Charles Bradley é uma das vozes que podem ser consideradas como sucessoras ao manto deixado pelo eterno ‘Padrinho do Soul’.

2011 No Time for Dreaming (& Menahan Street Band)

1. The world (is going up in flames)
2. The telephone song
3. Golden rule
4. I believe in your love
5. trouble in the land
6. Lovin’ you, baby
7. No time for dreaming
8. How long
9. In you (I found a love)
10. Why is it so hard
11. Since our last goobye
12. Heartaches and pain

Abaixar

2011 No Time for Dreaming (The Instrumentals by Menahan Street Band)

1. The world (is going up in flames)
2. The telephone song
3. Golden rule
4. I believe in your love
5. Trouble in the land
6. Lovin’ you, baby
7. No time for dreaming
8. How long
9. In you (I found a love)
10. Why is it so hard
11. Since our last goobye
12. Heartaches and pain

Abaixar

domingo, 14 de agosto de 2011

A GENGIBIRRA NO MAR ABAIXO

A música brasileira de exportação dos dias de hoje não é o axé, nem o funk ou o sertanejo. Ela vem do norte do País, mas também tem forte apelo popular. É o tecnobrega, tecnomelody, guitarrada, carimbó ou cumbia, como o ritmo é conhecido nos países hermanos.

O exemplar que disponho aqui é o single do disco, uma amostra do que vem por ai. São quatro faixas do álbum de Felipe Cordeiro, ‘Kitsch Pop Cult’. O EP começa com ‘Legal e ilegal’, uma cumbia deliciosa que define os definitivos aditivos para cada estilo musical. Na sequência ‘Lambada com farinha’, que o nome já entrega o ritmo e o estilo.

O disco encerra com ‘Fanzine Kitsch’ e ‘Historinha’. O som do Felipe Cordeiro é fundamental para entender essa nova onda da música popular brasileira, que valoriza os sons do norte do país. Vale a pena curtir essa música e dançar ao seu balanço.

2011 Kitsch Pop Cult (EP)

1. Legal e ilegal
2. Lambada com farinha
3. Fanzine Kitsch
4. Historinha

Abaixar

domingo, 7 de agosto de 2011

CORINNE CORINNE CORINNE

Ela é a diva máxima! Seu último disco foi mais que uma dor de cotovelo, mais que uma confissão, mais que qualquer condição desumana de alguma qualquer reabilitação. Ela é a maior de sua geração. Maior que qualquer outra cantora. Duvida? Ouve ai!

No último disco ela cantou a perda do amor, o marido que morreu por overdose de metadona, em grandes canções – desde já clássicos instantâneos – como ‘Feels like the first time’, ‘Paris nights/ New York mornings’, ‘Closer’, ‘The blackest Lily’, ‘Paper dolls’ e a que dá o nome ao álbum ‘The Sea’.

Saiu este ano, o ‘The Love EP’, com ‘My love’, ‘I wanna be your lover’ e um cover de Bob Marley, ‘Is this love’. Ela é ótima cantando covers e quando o faz, reconstrói a canção e incorpora nela todas suas nuances de interpretação, que a melodia parece ter sido escrita pra ela cantar. Foi assim também com ‘Since I’ve been loving you’ do Led Zeppelin e com ‘Venus as a boy’ da Bjork.

Não dá pra ficar impassível ouvindo Corinne Bailey Rae. O som que ela faz é o melhor que há na soulmusic atualmente. Ouça sem restrições...

2011 The Love EP

1. I wanna be your lover
2. Low red moon
3. Is this love
4. My love
5. Que sera sera (live)

Abaixar

2010 The Sea

1. Are you here
2. I’d do it all again
3. Feels like the first time
4. The blackest Lily
5. Closer
6. Love’s on its way
7. I would like to call it beauty
8. Paris nights/New York mornings
9. Paper dolls
10. Diving for hearts
11. The sea

Abaixar

2007 Live in London & New York

1. Call me when you get this
2. Trouble sleeping
3. Breathless
4. Enchantment
5. ‘Till it happens to you
6. Since I’ve been loving you
7. Like a star
8. Put your records on
9. Butterfly
10. I’d like to
11. Choux pastry heart
12. Seasons change

Abaixar

2007 Corinne Bailey Rae (Special Edition)

Disc 1
1. Like a star
2. Enchantment
3. Put your records on
4. ‘Till it happens to you
5. Trouble sleeping
6. Call me when you get this
7. Choux pastry heart
8. Breathless
9. I’d like to
10. Butterfly
11. Seasons change

Disc 2
1. Since I’ve been loving you
2. Emeraldine
3. Munich
4. No love child (previously unreleased)
5. Enchantment (Amp Fiddler Remix)
6. Venus as a boy (Q magazine)
7. I’d like to (Weekender Mix) (previously unreleased)
8. I won’t let you lie to yourself (previously unreleased)
9. Another rainy day
10. Daydreaming

Abaixar