SALVE EUOVO!!!

Sempre houve a intenção de transformar o blogui em site, rádio on-line e tudo mais. Mas para esta tarefa é necessário suporte financeiro.

Para isso o blogui abre esta campanha de financiamento colaborativo que vai garantir a manutenção e quiçá sua transformação em site etc.

Sua contribuição vai ajudar a manter postagens semanais sobre os mais variados artistas com álbuns em download gratuito, dicas sobre discos a baixar, podcasts, novos lançamentos em streaming, retrospectivas e listas de melhores discos de cada ano – incluíndo listas de melhores álbuns dos anos passados como por exemplo 1964, 1999, 1986, 1971 entre outros anos.

Por isso o blogui encerra este período de hiato na esperança de alcançar o aporte financeiro necessário para dar continuação aos trabalhos por mais um ano.

Então para manter o blogui ativo... Siga o site vakinha e contribua neste processo.

Quando atingirmos a meta... Vamos dobrar a meta... E ai quem sabe? Venha um site... Uma radio on-line... Canal no youtube... E tudo mais... Valeu!!!

sexta-feira, 22 de setembro de 2006

EU QUERIA TER UM LANÇA-CHAMAS

Zéu Brito é conhecido por suas participações nos seriados globais “A Diarista” e “Sexo frágil”. Zéu nasceu José Carlos Brito Filho, em Jequié, interior da Bahia. Começou no teatro com o grupo “Los Catedráticos”. Gravou músicas para a trilha sonora dos filmes “Lisbela e o prisioneiro” e “Meu tio matou um cara”, de onde saiu o clássico “Soraya Queimada”.

“Eu queria ter um lança-chamas, eu queria ter uma fogueira, eu queria ter somente um fósforo. Eu queria ter uma vela acesa pra queimar Soraia, pra ver torrar seu couro. Pra deixar somente o osso exposto ao sol” (...)

Pra expor a obra deste baiano incorrigível deve-se apenas recitar trechos de suas letras, como “Maria vai com as ondas”.

(...) “Maria se jogou no mar, subiu num barco alheio e foi parar em Itaparica. Maria se sentiu legal, e bebeu água do mar pra combater sua larica.” (...)

Outras canções de Zéu, são as hilárias “Vou queimar seu peito com isqueiro” e “Hino em louvor à raspada”.


2005 SALIVA-ME

1. Vou queimar seu peito com isqueiro
2. Hino em louvor à raspada
3. Soraya Queimada
4. Noite de motel
5. Mirabel molhado
6. Brega de Leila
7. A dama de ouro
8. Ousadia no fundo do mar
9. Lençol de casal
10. Azia
11. Maria vai com as ondas
12. Acabou (bônus track)

http://www.mediafire.com/?1x8yyp1xb0i

Compre o CD do Zéu Brito.

quarta-feira, 6 de setembro de 2006

BACKSTAGE DE BAMBAS & BIRITAS


Tá todo mundo ai! Olha só!

terça-feira, 5 de setembro de 2006

BAMBAS & BIRITAS

O primeiro disco solo de BiD, Bambas & Biritas Volume 1 de 2005, juntou uma banda formada por Carlos Daffé no piano e vocal, Marku Ribas na percussão e vocal, Rocco BiD na bateria e vocal, Lula Barreto no baixo, Bruno Buarque na percussão e samplers e o próprio BiD na guitarra, craviola e vocal.

A carreira de BiD começou tocando com Supla na banda Tokyo. Depois disso BiD integrou o Professor Antena e Funk como Le Gusta, que também produziu. Além de produzir o Afrociberdelia do Chico Science & Nação Zumbi, BiD também produziu Pavilhão 9, Mundo Livre S/A e Da Weasel.

Carlos Daffé tocou com piano com Tim Maia, Dom Salvador e Banda Black Rio, sempre foi figura chave na black music brasileira. Marku Ribas tocou com João Donato e até com os Rolling Stones, e também lançou discos maravilhosos entre eles com o Clube do Balanço. Lula Barreto acompanhou Gérson King Combo e fundou a banda União Black nos anos 70, com a qual excursiona novamente.

Rocco BiD tocava na banda Tokyo ao lado do irmão, BiD, e mora há 15 anos nos Estados Unidos, onde estuda e aprimora a técnica. Bruno Buarque faz parte da banda Barbatuques, onde aprimora a percussão mesclando o tradicionalismo com o experimentalismo dos samplers.

Com este disco, BiD lançou-se no mercado brasileiro com auxílio luxuoso. Entre as participações especiais estão Black Alien, DJ Soul Singer, Happin’ Hood, Funk Buia, Seu Jorge, Elza Soares, Cine-Lândia, Dasez, Muhammad Murashir, Chico Science e Dú Peixe.

BiD mostrou porque foi tão festejado e a demora em lançar um trabalho solo valeu a pena.
2005 Bambas & Biritas Vol. 1

1. Não pára (com Carlos Daffé)
2. Na noite se resolve (com Black Alien & DJ Soul Singer)
3. Maestro do Canão (com Rappin' Hood & Funk Buia)
4. E depois... (com Seu Jorge)
5. Fora do horário comercial (com Marku Ribas)
6. Mandingueira (com Elza Soares)
7. Saudades da Black Rio (com Carlos Daffé)
8. Soul survivor (com Dasez & Muhammad Murashir)
9. Terra vista (com Cine-Lândia)
10. Roda rodete rodeano [Zambo Mix] (com Chico Science & Dú Peixe)
11. Estou bem longe [do que me faz mal]

Fotos: Carol Quintanilha